Criminosos furtam R$ 176 mil de joalheria em Passo Fundo

Um joalheria foi alvo de um furto no último sábado (9), no Passo Fundo Shopping.

Conforme o boletim de ocorrência, o sócio relatou que fechou o estabelecimento por volta das 22h de sábado.

Na manhã do dia seguinte foi notado o crime.

Ele disse que foi quebrada uma parede de gesso que divide a loja vazia de uma sala vazia.

Os autores do crime furtaram produtos que estavam na vitrine e no mostruário.

Conforme observado nas câmeras de segurança, a dupla demorou 10 minutos para o furtar as mercadorias e fugiu antes de o shopping fechar.

Foram levados anéis, pulseiras, pingentes, correntes, de ouro e prata, além de uma quantia em dinheiro, prejuízo estimado em R$ 176 mil.

Ninguém foi preso.

O caso é investigado pela 1ª Delegacia da Polícia Civil de Passo Fundo.

Com informações de Vinicius Coimbra, Diário da Manhã. 

Novo partido de Bolsonaro deve se chamar Aliança pelo Brasil

O presidente Jair Bolsonaro discute a saída do PSL e a criação de um partido novo. De acordo com que apurou a reportagem, a legenda deve se chamar Aliança pelo Brasil.

O reconhecimento de assinaturas digitais é o único entrave à criação da sigla. Se o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) reconhecer as assinaturas, o partido, que vai abrigar Bolsonaro e os filhos, vai precisar recolher as assinaturas necessárias para ser criado até março de 2020, o que o permite que dispute as eleições municipais do ano que vem.

Uma reunião nesta terça-feira, às 16h, no Palácio do Planalto, deve selar o destino partidário do presidente Jair Bolsonaro. Ele pode, portanto, anunciar a saída do PSL já amanhã, a depender da reunião. Devem participar do encontro deputados eleitos pelo partido, exceto os rompidos com o presidente, como Joice Hasselmann (SP) e o presidente da legenda, Luciano Bivar (PE).

*R7

PRF reassume o policiamento do trecho estadualizado da BR-386

Nesta segunda-feira (11), às 10h, a PRF realizou uma coletiva de imprensa para comunicar os usuários da rodovia que reassumiu a fiscalização dos 11,4 km da BR 386, localizados em Lajeado, Estrela e Tabaí, e estavam sob circunscrição estadual.

 Participaram da coletiva  o Chefe da PRF em Lajeado, Paulo Reni da Silva, o Superintendente da PRF, Luís Carlos Reischak Júnior, e o Comandante do CRBM, o Coronel José Henrique Gomes Botellho.

O Superintendente da PRF destacou a importância da retomada do trecho, pois toda a BR 386 volta a ter o atendimento da PRF, dando clareza à população quanto à competência de atuação na região e permitindo que a instituição direcione suas ações de policiamento com base em estatísticas de toda a rodovia.

*PRF

Governo publica MP que extingue o seguro obrigatório DPVAT

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta segunda-feira medida provisória que extingue o seguro obrigatório DPVAT a partir de janeiro de 2020. O seguro é uma das obrigações que devem ser pagas todos os anos por proprietários de veículos para terem a documentação em dia – assim como o IPVA e o licenciamento. A arrecadação é responsável pelo pagamento de indenizações a pessoas envolvidas em acidentes de trânsito.

O texto da MP determina “a extinção do seguro obrigatório de danos pessoais causados por veículos automotores de vias terrestres (DPVAT) e do seguro obrigatório de danos pessoais causados por embarcações ou por suas cargas (DPEM)”. A assinatura foi feita por Bolsonaro durante evento de lançamento do programa Verde e Amarelo, de estímulo ao emprego. A medida deve ser publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União.

Bolsonaro não fez nenhum pronunciamento sobre a medida. Em comunicado à imprensa, o Planalto informou que a MP “tem o potencial de evitar fraudes no DPVAT, bem como amenizar/extinguir os elevados custos de supervisão e de regulação do DPVAT por parte do setor público”.

Segundo o governo, a Medida Provisória não desampara os cidadãos no caso de acidentes, já que “quanto às despesas médicas, há atendimento gratuito e universal na rede pública, por meio do SUS”. O Planalto cita que segurados do INSS têm cobertura do auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, auxílio-acidente e de pensão por morte. O governo oferece ainda para não segurados do INSS o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que prevê um salário mínimo mensal para pessoas que não possuam meios de prover sua subsistência ou de tê-la provida por sua família.

Ainda de acordo com o Planalto, o consórcio responsável pela administração dos recursos do DPVAT tem contabilizado R$ 8,9 bilhões em recursos, sendo que o valor estimado para cobrir as obrigações efetivas até o final de 2015 é de R$ 4,2 bilhões. O restante será repassado ao Tesouro Nacional em três parcelas anuais de R$ 1,2 bilhão.

*R7

Jovem está desaparecido em Tapera

Um jovem de 14 anos, morador do Bairro Elisa em Tapera está desaparecido. A família de Andrei de Ramos registrou ocorrência na manhã desta segunda-feira, 11, na Delegacia de Polícia de Tapera.

De acordo com os familiares, Andrei foi visto pela última vez na madrugada de sábado, quando entrou em um carro em frente a sua residência e desde então não apareceu mais.

A família pede ajuda para que qualquer informação que leve ao encontro do jovem seja repassada para a polícia.

Com informações do Clic Espumoso. 

Com prêmio estimado em R$ 300 milhões, Mega da Virada começa a receber apostas

As apostas para a Mega da Virada 2019, cuja estimativa de prêmio é de R$ 300 milhões, começaram a ser registradas nesta segunda-feira. Como nos demais concursos especiais, o prêmio principal não acumula e obrigatoriamente sairá no último dia do ano. Não havendo apostas premiadas com seis números, o prêmio será rateado entre os acertadores de cinco números – e assim sucessivamente. O concurso número 2.220 já tem novo valor, conforme autorização de mudança pela Portaria nº 8.061 do Ministério da Economia, publicada no Diário Oficial da União.

Ele custa R$ 4,50 – antes, o preço era de R$ 3,50. As apostas podem ser feitas por maiores de 18 anos em qualquer lotérica do Brasil, usando o volante específico do concurso especial.  Também é possível apostar pelo Portal Loterias Online e pelo app Loterias CAIXA, disponível para usuários da plataforma iOS. Os titulares de conta corrente na CAIXA podem fazer suas apostas pelo computador, tablet ou smartphone utilizando o Internet.

Os bolões da Mega têm preço mínimo de R$ 10,00. Porém, cada cota não pode ser inferior a R$ 5. É possível realizar um bolão de no mínimo 2 e no máximo 100 cotas. O apostador também pode adquirir cotas de bolões organizados pelas lotéricas. Basta solicitar ao atendente a quantidade de cotas que deseja e guardar o recibo para conferir a aposta no dia do sorteio. Nesse caso, poderá pagar uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, a critério da lotérica.

*Correio do Povo

Servidores da Defensoria paralisam atividades por reajuste salarial

Servidores da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul realizam hoje (11) e na próxima segunda-feira (18) paralisação para reivindicar reajuste no salário e no vale-refeição. A categoria também busca abertura de reestruturação do plano de carreira.

O Sindicato dos Servidores da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul (SINDPERS) orienta a população para que não procure o atendimento da Defensoria Pública hoje, no período da manhã, e também no dia 18 de novembro devido à paralisação dos servidores da instituição.

A categoria pede igualdade no tratamento para os pedidos dos servidores, em relação aos defensores públicos. Desde a criação dos cargos de servidores concursados, em 2011, o salário dos servidores só foi reajustado uma vez, em 8,13%, enquanto o salário dos defensores, no mesmo período, teve correção de 46%. Em referência a esse valor, a paralisação dos servidores irá durar 46 minutos.

*Rádio Guaíba

Obras do Pavilhão de São José do Centro serão iniciadas

Um dos pedidos da comunidade de São José do Centro e que vinha sendo tratado por parte da Administração Municipal desde o ano passado é a construção de um novo Estádio de Futebol para comunidade. Tal pedido se dá em virtude do antigo local ter sido utilizado para a construção da nova estrutura da EMEF Amália Kerber.

Na manhã de segunda-feira (11), o Prefeito assinou a ordem de serviço para que a empresa Açoforte Construções Eireli de início a construção do Pavilhão Comunitário com área dotal de 215m². De responsabilidade técnica da arquiteta Juliana Rubin, a obra é orçada em R$ 99.889,12 e será executada com recursos próprios.

“Foram muitas reuniões e planejamento até chegarmos no dia de hoje em que assinamos a ordem de início das obras do pavilhão comunitário junto ao novo campo. Agradecemos a paciência por parte da comunidade de São José do Centro e esperamos que essa obra caminhe a passos largos para que possamos inaugurar o quanto antes este espaço de lazer para os moradores”, comenta o Prefeito Pedro Paulo.

*Ascom Prefeitura de Não-Me-Toque/RS. 

CCR espera concluir em janeiro praças de pedágio das BRs 101 e 386

Restando menos de dois meses para terminar o ano, as construções das cinco novas praças de pedágio da CCR ViaSul nas BR 386 e BR 101 devem começar a operar dentro do cronograma previsto.

Conforme a empresa, a etapa da concessão, iniciada em fevereiro, é considerada 70% concluída. A expectativa é encerrar as obras prediais em dezembro e nos primeiros dias de janeiro de 2020, entregá-las com tecnologia já instalada.

Desde que assumiu a operação do trecho que compreende as duas rodovias e também a BR 290 e BR 448, a CCR ViaSul já previa iniciar a cobrança em fevereiro. Prazo que não deve sofrer alterações e pode até mesmo ser antecipado.

Quem passa pelo trecho de Montenegro da BR 386, próximo à ponte sobre o rio Caí, no km 426, já nota a pista alargada, a cobertura feita e as estruturas de concreto, onde ficarão as cabines de cobrança.

De acordo com o gestor de Atendimento e Operações da CCR ViaSul, Fausto Camilotti, a praça em estágio mais adiantado de implantação é a do km 202 da 386, trecho que fica no município de Victor Graeff.

Depois de entregues, as praças serão vistoriadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). “Ficarão prontas praticamente ao mesmo tempo. Com a agência autorizando, a gente inicia com dez dias de ‘operação branca’, sem cobrança, para testar o funcionamento na prática”, explicou. Com a cobrança, o motorista vai pagar R$ 4,40 de tarifa de uso da rodovia.

Uma das praças de pedágio que mais vai receber atenção da companhia no início de operação, segundo Camilotti, vai ser a de Três Cachoeiras, no km 35,8 da BR 101, no litoral Norte. A cobrança inicia-se em meio a temporada de férias de verão. “Estaremos operando sem comprometer a fluidez da estrada, com agentes papa-fila para evitar a demora”, adiantou. “Para quem é usuário constante das nossas estradas, recomendamos que conheçam as operadoras de pedágio eletrônico. Há algumas opções sem adesão e sem mensalidade”, citou o gestor.

A concessionária ainda contrata a mão de obra para atuar nas novas operações. Camilotti citou que a empresa vai ter mais 300 colaboradores com o funcionamento das cinco praças de pedágio. Ao todo, a CCR ViaSul administra um trecho 473,4 km de rodovias no RS.

Na FreeWay, alterações

No próximo ano, a FreeWay (BR 290) vai ter alterações nas praças de pedágio. A de Gravataí deixa o km 77 e vai para o km 60 e a de Santo Antônio da Patrulha passa a ter cobrança bidirecional, com o valor passando dos R$ 8,80 para R$ 4,40 para cada um dos sentidos.

Sobre Gravataí, o gestor de Atendimento e Operações da CCR ViaSul, Fausto Camilotti, dise que está sendo feita a limpeza da área que vai receber a nova praça de pedágio. “Mas o projeto ainda não está aprovado pela ANTT”, revela. Entretanto, Camilotti assegura que as alterações entrarão em vigor em agosto de 2020.

*Gabriel Guedes - Correio do Povo

Identificado homem que morreu em acidente na BR 285, em Carazinho

Foi identificado como Renan Lavratti, de 34 anos, o motorista que morreu após colidir contra o prédio da antiga praça de pedágio de Carazinho, que fica às margens da BR 285, na noite deste domingo (10).

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima estava a bordo de um Gol, de Passo Fundo, quando perdeu o controle e saiu de pista. Em seguida, o carro atravessou a parede de concreto do prédio e parou depois de bater em outra parede.

O trânsito não chegou a ser interrompido no local. A Polícia Civil de Carazinho fez o registro da ocorrência. O Corpo de Bombeiros carazinhense e Samu também atenderam a ocorrência.

Renan era natural de Chapada e atualmente morava em Passo Fundo.,

Com informações do Diário da Manhã.